28.3.11

O veneno e o antídoto

"Quem pode explicar o que me acontece dentro? Eu tenho que responder às minhas próprias perguntas. E tenho que ser serena para aplacar minha própria demência. E tenho que ser discreta para me receber em confiança. E tenho que ser lógica para entender minha própria confusão. Ser ao mesmo tempo o veneno e o antídoto."
/Martha Medeiros*

5 comentários:

sweetboldness disse...

obrigada pela visita lá no meu (:
ja estou te seguindo e claro que adoraria fazer parceria, ja peguei teu banner (:
*:

http://sweetboldness.blogspot.com/

Rô... disse...

oi Simone...

adorei ver você lá no meu cantinho...

já estou por aqui...

beijinhos

Fefa disse...

As vezes somos mais veneno do que antídoto.... Parabéns pelo blog >)

Thais. disse...

Martha tem ótimo textos!
Obrigada por visitar meu blog e por seguir tbm, volte sempre!
ja estou seguindo seu tbm :)
bjs

Luna Sanchez disse...

A Martha é sempre uma inspiração bonita, né?

Um beijo.