3.3.11

A quietude pode ser como a chuva





Nunca esqueci a experiência de quando alguém botou a mão no meu ombro de criança e disse:
- Fica quietinha um momento só, escuta a chuva chegando.
E ela chegou: intensa e lenta, tornando tudo singularmente novo.
A quietude pode ser como essa chuva: nela a gente se refaz para voltar mais inteiro ao convívio, às tantas frases, às tarefas, aos amores. Então, por favor, dêem isto: um pouco de silêncio bom para que eu escute o vento nas folhas, a chuva nas lajes, e tudo o que fala muito para além das palavras de todos os textos e da música de todos os sentimentos.”

/Lya Luft*

4 comentários:

Priscilla disse...

Que texto bom para começar o dia...
Beijos meu querida!

Patrícia ♥ disse...

Que lindo!!
e por incrivel que pareça,
esta uma chuva leve aqui, e parei pra prestar atenção ao som suave que ela nos traz...


adoro seu blog querida, beijo ;)

Karine disse...

Parar as vezes para ouvir, o bom, o mais lindo ritmo, a mais bela risada, parar um momento para sentir e ver, o quanto tudo é belo!
Querida, seu blog, está um encanto, seu cantinho vem me encantando esses últimos dias... Parabéns, que Deus te abençoe...
Que poça ler sempre esses textos lindos que você posta!

Fabi disse...

adoro ouvir a chuva caindo.