5.4.12

Saudade - sua

Minha saudade é fome. Arde. É vontade. E não passa. Minha saudade é fogo. Queima, abrasa. E não abranda. Sinto sua falta. O tempo passa, os anos passam. Você fica. Eu fico. E te espero. Te espero na janela, sinto seu perfume, ouço seus passos. Tem certas coisas que a gente não entende. Você foi embora, eu nunca vou entender. Você não deveria ter ido, mas foi. E eu te sinto e te vejo nos meus sonhos. Minha saudade é um filme que eu assisto todos os dias e sempre choro no final. Sinto sua falta. Minha saudade borra o papel. Eu sinto a sua falta. Minha saudade balança na rede às três e meia da manhã e fala de você. Minha saudade, quando dorme, sonha contigo. Amanhã você virá. E eu espero. E muitos amanhãs já se passaram desde então. Mas a minha saudade tem fé, tem esperança e tem amor. Minha saudade é salgada. De quantas lágrimas é feita uma saudade? De quantos sorrisos é feita uma lembrança? De quantas esperas é feito um reencontro? Queria poder te ver e, quem sabe, te abraçar. Queria poder te ver e, quem sabe, te dizer algumas coisas que nunca disse. Rir da sua risada e da sua forma leve de deixar a vida te levar.
Que eu feche os olhos e te veja, sempre. Que eu durma e te encontre nos meus sonhos. Que eu possa viver sabendo que vou te encontrar, que eu possa sorrir disso. Que eu possa ser amiga da saudade que caminha ao meu lado. Que eu alcance a tua mão quando tenta me ajudar. Que eu aceite o teu colo quando tenta me consolar. Que eu possa entender que para estar junto não é preciso estar perto. Minha saudade dói. Grita. E eu? Eu sinto a sua falta. Sinto muito a sua falta. Que você me sinta, onde quer que esteja agora, que você me ouça. E que você saiba que eu te espero. Te espero sempre. Que o vento não te carregue daqui, que o tempo não te leve da memória. Que você não fuja do meu coração. – Simone Oliveira

Um comentário:

Ann Gominho disse...

Oii!!

Poxa muito massa o texto! Gostei muito!

Beijos
Ann G. anngominho.blogspot.com
theinsanemindofanng.blogspot.com